Rennan Sama : Através da Juventude

Review

Reviewed by Felippe Regazio

"Eu era um monge. Eu subia na mangueira do quintal das minhas avós e meditava. Eu não sabia que era meditação, já hoje eu posso dizer que era. Eu fixava meu olhar nas formigas. Primeiro eu sentia a dor delas. Depois a dor do mundo. E depois disso eu não pensava ou sentia nada. E então eu me tornei o que sou. Cada dia que se passava eu me tornava algo mais, e o processo não cessou até hoje". É assim que começa "Através da Juventude". Um flash. E depois vêm outros. As tretas, as drogas, os amores. O livro de poemas de Rennan Sama é um convite ao erro. Aos belos erros, e a quem aprende com eles só pra cometer novos erros, como esse aqui contido nesse livro: "é necessário entender que algumas vezes só temos a última vez. é necessário refletir sempre em cada milésimo de segundo. é necessário domar a loucura quando ela lhe atinge sobre dúvidas sobre si mesmo. é necessário não dormir antes de anotar uma ideia".

Autor

Rennan Sama

Views 906
Gênero Poesia
Since 2016